Conecte-se Conosco

Brasil

Bolsonaro levou povo brasileiro a ‘cânion’, diz Mandetta

A atitude de Bolsonaro diante a pandemia foi classificada por Mandetta como “cambaleante, interessado em si próprio e anticientífica”, de acordo com o jornal.

Published

em

O ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta afirmou que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) levou o povo brasileiro rumo a um “cânion” por meio de sua resposta à pandemia da covid-19 e será duramente criticado por isso por historiadores no futuro, em matéria publicada hoje (15) pelo jornal britânico The Guardian.

A atitude de Bolsonaro diante a pandemia foi classificada por Mandetta como “cambaleante, interessado em si próprio e anticientífica”, de acordo com o jornal. Ortopedista, Mandetta foi o primeiro ministro da Saúde do governo Bolsonaro e saiu da pasta em abril após divergências com o presidente sobre como agir diante da propagação do coronavírus. Bolsonaro, por exemplo, resistia ao isolamento social e fechamento de comércio, medidas recomendadas por Mandetta inicialmente.