Conecte-se Conosco

Amazonas

Governo do Amazonas disponibiliza ‘Aula em Casa’ para redes municipais do interior do estado

Published

em


Secretaria está ofertando quatro opções de pacote, com conteúdos on-line e off-line 

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc), está disponibilizando os conteúdos do projeto “Aula em Casa” a todas as redes municipais de ensino dos 61 municípios do interior do estado. A parceria com as cidades será firmada por meio da assinatura de termos de Cooperação Técnica. Em contrapartida, os municípios que aderirem serão responsáveis pela divulgação dos conteúdos, através de mídias on-line e off-line.

De acordo com o secretário da Seduc, Luis Fabian Barbosa, a iniciativa surgiu da necessidade de ampliar o “Aula em Casa”, para localidades que possuem dificuldade em relação à conectividade ou não recebem o sinal da TV Encontro das Águas, utilizada no ano passado para as transmissões do projeto.

“Então nós renovamos e atualizamos o formato do ‘Aula em Casa’ para que possa atingir todos os municípios do interior do estado, por meio de cenários com pacotes diferenciados conforme a disponibilidade de TV, rádio ou internet em cada município”, explicou o secretário.

Ao todo, a Seduc está ofertando quatro pacotes de conteúdos do “Aula em Casa”. Cada município poderá aderir aos pacotes conforme a sua realidade. Com isso, o projeto deverá alcançar cerca de 440 mil estudantes da rede estadual de ensino, além de contemplar os alunos das redes municipais, totalizando mais de 1 milhão de beneficiados.

Pacotes – O primeiro pacote conta com sinal de TV digital, que replicará a mesma programação das TVs Encontro das Águas e Tiradentes em outros três canais diferentes; e pode ser aderido por municípios que têm a possibilidade de acordar essa transmissão com canais locais. Nesse pacote, os alunos terão acesso às mesmas transmissões das emissoras de Manaus, com aulas para os ensinos Fundamental e Médio e a Educação de Jovens e Adultos (EJA).

O segundo pacote oferta um compilado de mídias off-line – ou seja, que não necessitam de internet para serem acessadas. Nesse, constam podcasts para as rádios locais, material impresso e DVDs ou HDs externos. Os podcasts terão a duração de 2h30, com conteúdos que vão da Educação Infantil ao Ensino Médio, e o material impresso consiste no Caderno Digital, uma espécie de guia de estudos para os estudantes.

O terceiro pacote de conteúdos do “Aula em Casa” oferecerá um conjunto de mídias on-line. Nesse caso, faz-se necessária a presença de internet, com média ou alta conectividade. Por meio desse, os alunos poderão acessar as principais plataformas digitais da secretaria, como a Plataforma Educação, site do “Aula em Casa” e o YouTube.

Ensino mediado – O quarto e último pacote ofertado pela Secretaria de Educação é voltado aos municípios e às comunidades remotas com baixa conectividade. Nesse, a secretaria enviará os conteúdos do “Aula em Casa” pelo IPTV para as unidades com Ensino Mediado por Tecnologia. As redes municipais que decidirem por essa opção poderão ter acesso à estrutura disponibilizada pela pasta.

Planejamento – Segundo a gerente de ensino da Seduc, Kaellen Ferreira, o planejamento das aulas nessa primeira etapa do “Aula em Casa”, neste ano, tomou como base um estudo de todos os currículos da educação básica, levando em consideração os conteúdos essenciais, para se criar um modelo enxuto e apropriado para o momento de pandemia.

“Então nesse primeiro bloco de 2021 a gente tem a revisão de conteúdos a partir da avaliação diagnóstica feita pela rede. Então a gente selecionou, com o setor de políticas públicas que gerencia o currículo da rede, esses conteúdos e, a partir disso, nós planejamos todas as estratégias do Aula em Casa”, destacou.

Fonte: Governo AM
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *