Conecte-se Conosco

Amazonas

SES-AM inicia grupo de trabalho para reforçar humanização e acolhimento de pacientes e acompanhantes das unidades

Published

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) criou um Grupo de Trabalho de Humanização (GTH) para discussão técnica e elaboração de cartilha com orientações referentes às rotinas, normas e fluxos de atendimentos, destinadas a usuários, acompanhantes e familiares nos três maiores e principais hospitais e prontos-socorros da capital. A equipe se reuniu nesta quarta-feira (17/03) para alinhar propostas.

Com a implantação do grupo, o acolhimento de pacientes, acompanhantes e visitantes nas unidades será ampliado e novas ferramentas de comunicação serão lançadas.

Um dos recursos apresentados pela equipe foi a elaboração de uma cartilha, com informações sobre o perfil dos hospitais e orientações para acompanhantes e visitantes de pacientes, que estão internados recebendo tratamento nas unidades

“Um dos nossos objetivos é desenvolver uma comunicação eficaz entre as unidades e quem está visitando e acompanhando os pacientes. Identificamos que havia uma falha nessa comunicação, devido à ausência de um manual com orientações das normas e rotinas dos hospitais”, destacou a gerente de Humanização da SES-AM, Ana Karla Pimenta.

A gerente ressaltou, durante a reunião, que a cartilha não será apenas um livro de regras, mas uma forma de incluir os acompanhantes no processo de recuperação do paciente, com informações do perfil do hospital, orientações sobre fluxo de atendimento nos setores da unidade e serviços externos como cartórios e atendimento funeral.

“Vamos buscar estreitar o diálogo com os visitantes com a elaboração desta cartilha, que saberá onde buscar informação desde o momento que entra na unidade e como proceder durante o período que o familiar permanecer internado”, disse.

O grupo de trabalho tem representantes da Secretaria Executiva Adjunta de Políticas em Saúde, Secretaria Executiva Adjunta de Atenção à Urgência e Emergência, Gerência de Humanização e Unidade Gestora de Projeto Especiais (UGPE), além das diretorias, assistência social, psicologia e enfermagem dos hospitais e prontos-socorros 28 de Agosto, João Lúcio e Platão Araújo.

Gestão de óbitos – Uma ferramenta digital para registro de óbitos também foi apresentada na reunião, como uma solução para os desafios enfrentados pelas unidades durante a pandemia.

Desenvolvido pelo Departamento de Tecnologia da Informação da SES-AM (Detin), o sistema vai agilizar a liberação de corpos para o funeral e melhorar o fluxo nos necrotérios das unidades.

A subcoordenadora social da UGPE, Viviane Dutra, fez parte da força-tarefa composta por assistentes sociais e psicólogos, para acolhimento e orientação das famílias de pacientes internados nas unidades de tratamento da Covid-19, e explicou que a ferramenta surgiu a partir de uma demanda das unidades durante esse período.

“Percebemos que o processo de registro de óbitos tinha alguns entraves, que aumentavam a demora na liberação dos corpos para as famílias, e com base nas necessidades apresentadas pelas equipes do serviço social e psicologia das unidades, o sistema foi desenvolvido e agora está em processo de implantação com o treinamento dos servidores”, destaca.

Fonte: Governo AM
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *