Conecte-se Conosco

Amazonas

HPS 28 de Agosto está em fase de habilitação de 24 novos leitos de UTI

Published

em


A habilitação faz parte do Programa Saúde Amazonas, projeto de reordenamento da saúde estadual que deve ser executado até 2022 

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) está em fase de habilitação de 24 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs), no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto. Os leitos irão funcionar no segundo andar da unidade e se somarão aos outros 24 já existentes. A habilitação dos novos leitos faz parte do Programa Saúde Amazonas, que visa o reordenamento da assistência, a reestruturação e a modernização da gestão da saúde no Estado até 2022.

Conforme a coordenadora do Programa Saúde Amazonas, Raquel Tapajós, os estudos de estruturação do segundo andar da unidade para o recebimento dos leitos de UTI já foram iniciados e preveem a remoção do laboratório, que hoje funciona no segundo andar, para outro espaço dentro do HPS.

“A engenharia da SES já fez o desenho do espaço e estamos tratando, dentro do Saúde Amazonas, um projeto específico para a retirada do laboratório e outro para a abertura de leitos. Seguindo a orientação do secretário, Marcellus Campêlo, estamos priorizando no Saúde Amazonas os projetos que causem impacto direto à população, como é o de abertura de leitos”, afirmou.

De acordo com a diretora do HPS 28 de Agosto, Júlia Marques, os leitos que passarão a funcionar no segundo andar são os que foram criados no pico da pandemia, que hoje funcionam no quinto andar do hospital.

“Esses leitos de UTI hoje funcionam em enfermaria e iremos organizá-los conforme preconiza a Resolução da Diretoria Colegiada (RDC), do Ministério da Saúde, que dispõe sobre os requisitos mínimos para o funcionamento de UTIs. Com esses leitos habilitados poderemos abrir novos leitos no quinto andar e assim aumentar o número de vagas na unidade”, esclareceu.

Saúde Amazonas – O programa foi lançado em setembro de 2020, com a missão de modernizar a rede estadual de saúde, tendo como metas a ampliação de leitos; o fortalecimento da transparência e controle; a valorização dos servidores e melhorar a qualidade dos serviços prestados à população.

O Programa Saúde Amazonas mobiliza toda a rede de saúde do Estado e envolve, diretamente, mais de 500 servidores atuando no Rokuv, sistema escolhido pela SES para a gestão dos projetos, executando e gerenciando suas várias etapas.

Hoje existem 220 projetos deles cadastrados no sistema, compreendendo todas as áreas e unidades específicas, além de projetos específicos para o interior do estado.

Fonte: Governo AM
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *