Conecte-se Conosco

Política

Deputado chama ministros do STF de ‘filhos de satanás’ e ‘vagabundos’

Published

em

O deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ) apareceu em vídeo esculachando ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Os xingamentos vitalizaram, nesta segunda-feira (19), nas redes sociais. Os ministros da corte foram chamadas por ele de “vagabundos” e “filhos de satanás”. Para o deputado, conforme publicação do SBT, o vírus do Brasil é a corte.

“Vocês acham que vai ter golpe e todo mundo vai ficar quietinho, porque nós temos medo da pandemia? O vírus, o vírus, o vírus são vocês, seus vagabundos, seus filhos de satanás. O vírus deste país é o STF, são os bandidos e alguns que estão no Congresso Nacional. Esses são os vírus deste país”, disse. 
 
Aliado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o deputado afirmou que, se houver um “golpe”, haverá um “contragolpe”. 

“É para matar ou para morrer. Estão me ouvindo? É para matar ou para morrer, mas a nossa bandeira jamais será vermelha, seus comunistas safados. Vocês não vão derrubar Bolsonaro sem antes sentir a ira patriótica do povo brasileiro”, ressaltou.

Sangue derramado

Otoni de Paula disse ainda que “Bolsonaro não é Dilma” e que, se houver um “golpe contra o presidente, vai ter derramamento de sangue no Brasil”. 

O vídeo com as ameaças foi postado no perfil do Facebook do parlamentar, no último dia 9.  
 
“Se vocês tentarem… Tenta! Tenta! Senhor Rodrigo Pacheco, ‘seu’ Barroso, ‘seu’ Gilmar Mendes, ‘seu’ Toffoli, ‘seu’ Fux, senhora Cármen Lúcia, senhor Fachin, senhoras e senhores do Supremo: não vai ter pandemia que vai segurar esse povo, não vai ter STF que vai segurar esse povo. Vai ter derramamento de sangue no Brasil se vocês fizerem o golpe contra o presidente”.

Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados 

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *