Conecte-se Conosco

Brasil

Manaus gerou bate-boca, troca de insultos e acusações na CPI

Published

em

O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello disse nesta quarta-feira (19) que o oxigênio em Manaus só caiu “por 2 a 3 dias”.

Ele deu a declaração em seu depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da covid no senado.

A afirmação causou reações enfáticas dos senadores, entre eles, Eduardo Braga (MDB-AM), que afirmou ser “mentirosa” a informação.

“Faltou oxigênio na cidade de Manaus mais de 20 dias!”afirmou o senador.

Ele se queixou da demora do Ministério da Saúde em tomar providências e disse que o Estado dependeu de doações de celebridades como Gusttavo Lima e Paulo Gustavo, que morreu vítima da doença no dia 04 de maio.

Pouco depois, o senador Luis Carlos Heinze (PP-RS) ressaltou que Braga e o presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM), são do Amazonas e citou o total que teria sido repassado pelo governo federal ao Estado, indicando que não teria faltado orçamento.

Nesse momento, Aziz se exalta e interrompe o colega. Larga de ser mentiroso, não enche meu saco!”A sessão foi suspensa na sequência.

Pazuello também foi questionado sobre o avião dos Estados Unidos que poderia ter buscado a doação de oxigênio na Venezuela. Ele afirmou que a possibilidade teria ocorrido depois.

Os senadores insistiram que as negociações nesse sentido começaram por volta do dia 14 de janeiro de 2021. “Isso nunca chegou em mim”,respondeu o ex-ministro.

Horas depois, a senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) perguntou porque Pazuello não aceitou a oferta dos Estados Unidos. “Nunca me chegou essa oferta para que eu aceitasse ou não”,replicou ele.

Na sequência, a senadora apresentou uma resposta oficial do Ministério da Saúde a uma congressista que havia feito perguntas sobre a oferta, indicando que a pasta tinha conhecimento da possibilidade.

“A sensação que eu tenho é que o senhor está meio que brincando com a cara da gente aqui nessa CPI. O senhor já mentiu demais nessa comissão, mas muito mesmo”, queixou-se Eliziane.

Depoimento suspenso

O depoimento do ex-ministro foi suspenso depois que Pazuello passou mal. Ele concluirá seu depoimento na manhã de quinta-feira (20).

Leia mais no Poder360

Foto: Agência Senado

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *