Conecte-se Conosco

Brasil

Bolsonaro promete, de novo, asfaltar BR-319; agora, com veto ao ‘fundão’

Published

em

Ao sinalizar ontem (19) que pode vetar o fundão eleitoral de quase R$ 6 bilhões para os partidos políticos, o presidente Jair Bolsonaro fez nova promessa de asfaltar a BR-319.

Falou isso em entrevista à TV Brasil.

“Seis bilhões de reais! Imagine na mão do ministro Tarcísio (Tarcísio de Freitas, de Infraestrutura) o que poderia ser feito com esse dinheiro? Poderia, por exemplo, ter concluído Porto Velho-Manaus (BR-319), que é um anseio da população do Amazonas”.

Em seguida, sugeriu:

“Então, a bancada do Amazonas, a bancada de Rondônia, com toda certeza, poderiam sugerir a ele… Nós poderíamos recapear uma parte considerável da malha rodoviária do Brasil com esse dinheiro na mão do Tarcísio”.

Bolsonaro indicou o veto após repercussão negativa da aprovação do fundão.

O reajuste, agora considerado astronômico pelo presidente, passou na aprovação da LDO no Congresso, com o voto de seus dois filhos congressistas, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e do senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ).

O valor do fundo eleitoral saltou de R$ 2 bilhões para R$ 5,7 bilhões.

Mas o próprio presidente tinha a possibilidade de vetá-lo.

Contudo, apesar do apoio em peso de sua base na aprovação da proposta do fundo, ele responsabilizou o deputado federal Marcelo Ramos (PL-AM) pela aprovação do texto.

Marcelo presidiu a sessão que aprovou a matéria. O assunto deu combustível para um bate-boca entre os Bolsonaro e Marcelo.

Velha promessa

Apesar de Bolsonaro voltar a falar em asfaltamento da BR-319, o presidente não tem demonstrado boa vontade com a obra.

Embora tenha prometido concluí-la em seu governo, a LDO feita pelo Planalto só previa asfaltar 2 km em 2022. A rodovia tem mais de 800 km.

O investimento do ano que vem só não fechou em 2 km, porque a bancada do Amazonas emendou o texto e saiu com investimentos para 20 km.

Foto: Reprodução/TV Brasil

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *