Conecte-se Conosco

Amazonas

Pauderney abre os cofres da Semed e contrata empresa Super Ensino por R$ 18 milhões

Ao término dos dois contratos da Superior Ensino, ela vai ter recebido o valor de R$ 43.825.953,90 milhões dos cofres da Prefeitura de Manaus

Published

em

MANAUS, AM – Mesmo sem aulas presenciais desde o inicio da pandemia da covid-19, no ano passado, a Secretaria Municipal de Educação (Semed), comandada por Pauderney Avelino (DEM), decidiu contratar uma empresa de plataforma de ensino pela bagatela de R$ 18.012.060,00 (dezoito milhões, doze mil e sessenta reais). A empresa que vai receber a bolada dos cofres públicos é a Super Ensino Ltda.

O extrato de homologação para a formalização do contrato foi publicado na última sexta-feira (20), no Diário Oficial do Município. A justificativa para o fechamento da proposta é de que a licença de uso não exclusiva da plataforma vai oferecer serviços de suporte, hospedagem, manutenção, atualização e treinamento da Plataforma de Reforço Escolar para o Ensino Médio I, que compreende alunos do 1º ao 4º ano.

Ainda segundo a publicação, o serviço será executado por meio de aplicativo (mobile e web) e será direcionado a gestores, professores, pais e alunos do componente 2 “Melhoria Educacional da Rede Pública Municipal de Manaus (Proemem) da Semed.

O anúncio da contratação da plataforma da Super Ensino Ltda foi anunciada ainda em março deste ano e, de acordo com a Semed atenderia  aproximadamente 300 escolas municipais e cerca de 80 mil alunos.

A empresa está localizada na avenida Rio Madeira, 998, no conjunto Vieiralves, bairro Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul de Manaus. Ela é representada por Diego Henrique Santos dos Anjos e Roberto Valiante de Souza Filho. Seu capital social está registrado no site da Receita Federal no valor de R$ 1 milhão e cadastrada sob o CNPJ nº. 10.234.723/0001-09.

A atividade principal da empresa é o desenvolvimento de programas de computador sob encomenda e tem mais 15 atividades secundárias que vão desde consultoria em publicidade, distribuição cinematográfica, de vídeo e de programas de televisão e aluguel de máquinas e equipamentos para escritórios.

Um dos sócios, Roberto Valiante também tem sociedade na empresa Cabelos de Anjo Ltda, também localizada no conjunto Vieiralves.

A Superior Ensino já possui contrato na Prefeitura de Manaus desde 2019, no valor de R$ 6.248.898,05 (seis milhões, duzentos e quarenta e oito mil, oitocentos e noventa e oito reais e cinco centavos), no caso o contrato nº. 004/2019, fechado em 26 meses de forma contratual, mas a prestação de serviço deveria ser executada em 24 meses, contando do dia 11 de julho daquele ano e, terminando agora em julho de 2021. Contrato este, que foi assinado pela ex-gestora da Semed, Kátia Schweickardt, ainda na gestão de Arthur Neto (PSDB).

Agora, em julho, o contrato sofreu seu primeiro aditivo no valor de R$ 19.564.995,85 (dezenove milhões, quinhentos e sessenta e quatro mil, novecentos e noventa e cinco reais e oitenta e cinco centavos). O valor aumentou mais que o dobro do contrato original, que vigorou por 24 meses, enquanto este valor será pago só para 6 meses de serviço, e, de acordo com a descrição dos serviços executados dentro desse contrato, a empresa também disponibiliza a mesma plataforma, sendo o módulo 1.

Ao término destes dois contratos a empresa vai ter recebido o valor de R$ 43.825.953,90 (quarenta e três milhões, oitocentos e vinte e cinco mil, novecentos e cinquenta e três reais e noventa centavos).

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *