Conecte-se Conosco

Política

YouTube remove 33 vídeos de Bolsonaro por espalhar fake news

Além do YouTube, o Instagram e o Facebook retiraram conteúdos falsos do presidente do ar

Published

em

O YouTube removeu mais uma publicação do presidente Jair Bolsonaro por fake news sobre a covid-19. Agora já são 33 vídeos que a plataforma deletou em que ele disseminou informações falsas.

Conforme o Metrópoles, ao todo, o mandatário da República já teve 34 gravações vetadas — apenas uma delas não foi por propagação de teor inverídico.

Sobretudo, todas as exclusões são deste ano, não havendo punições ao chefe do Executivo federal registradas em outros períodos.

Por exemplo, na última segunda-feira (25), a live rotineira do presidente – no caso, da quinta-feira anterior (21) – foi deletada da internet.

Na publicação, o titular do Palácio do Planalto espalhou desinformação ao relacionar as vacinas contra a covid-19 ao desenvolvimento da Aids.

Dessa maneira, YouTube removeu do seu domínio outra vez o vídeo em que o presidente aparece relacionando a vacina contra a covid-19 à Aids.

Além do YouTube, o Instagram e o Facebook retiraram o conteúdo do ar.

Leia mais no Metrópoles.

Foto: Reprodução/Facebook

Publicidade