Conecte-se Conosco

Amazonas

Aleam está disposta a gastar R$10 milhões com ‘tapa no visual’

Custo com cadeiras, cortinas, armários, balcões e entre outros para a Aleam impressiona. São 103 itens cotados pela empresas vencedoras sob a justificativa de menor preço.

Published

em

A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) parece não estar muito preocupada com os próprios gastos em meio à crise financeira que assola o estado. O Diário Oficial do Legislativo do último dia 18, divulgado nesta terça-feira (23) mostra a homologação de um processo licitatório milionário que dá ”sinal verde” para compra de uma série de itens para dar uma repaginada no mobiliário da Casa. O custo das ”eventuais”aquisições chega a R$ 10.559.318,5.

No documento, a Aleam cita que o objetivo do pregão presencial é a formação de registro de preços para eventual aquisição e instalação de material permanente, ou seja, os itens não obrigatoriamente serão adquiridos de forma imediata, mas é um indicativo de que, se Casa Legislativa precisar, a qualquer momento poderá comprá-los nos preços cotados pela empresas vencedoras.

Os números impressionam pela quantidade e preço dos objetos listados. Será que o parlamento estadual precisa de 1082 cadeiras novas ao preço de R$ 2.109.459? Veja baixo outros dos 103 itens mencionados no edital.

  • 412 cadeiras giratórias com braços reguláveis (total R$983.032, R$ 2.386 cada)
  • 672 painéis deslizantes com tecido de tela solar (total R$ 665.280, R$ 990)
  • 299 gaveteiros volantes com 03 gavetas (total R$ 406.640, R$ 1.360 cada)
  • 527 suportes para CPU móvel (total R$ 94.860, R$ 180 cada)
  • 24 armários superiores com espelho para banheiro (total R$228.000, R$ 9.500 cada)
  • 4 lixeiras (total R$ 14.800, R$ 3.700 cada)

Aqui você encontra a lista completa dos 103 itens da licitação

A Aleam tem frequentemente publicado licitações em seus Diários Oficiais que despertam os seguintes questionamentos: Será que o prédio, que está como uma estrutura nova, carece de tudo isso? Será que essas aquisições vão melhorar o trabalho dos 24 parlamentares?

O que daria para fazer com esse valor das reformas?

Com R$ 10.559.318,5 seria possível pagar uma parcela do Auxílio Estadual (R$ 150) para mais de 70 mil famílias (70.395) em situação de vulnerabilidade social.

Texto: João Luiz Onety

Material completa em realtime1

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *